23 março 2009

Alienação galáctica...


Haverá sensação melhor do que nos conseguirmos evadir do sítio onde estamos... e planar noutra dimensão?
Talvez seja uma das melhores capacidades que se pode ter...
Estar fisicamente num determinado sítio, mas mentalmente nem sabermos onde estamos... tal é o estado de alienação deste mundo físico onde o nosso corpo assenta.
Estar fisicamente com os pés no chão, mas mentalmente noutra dimensão... com os pensamentos a planar noutra galáxia... muito longe daqui...
Ser capaz de estar no meio de uma grande multidão psicologicamente unidireccionada e mentalmente estar em todos os lugares menos naquele...
Estar inserido num grupo de pessoas a falar, mas no fundo estar muito longe dele... e nem sequer ouvir sobre o que se está a conversar...
O estar alienado do real, ou daquilo que dizemos que é o real... porque cada um tem a sua própria realidade.
O conseguir estar constantemente noutra dimensão, muito longe deste planeta... mesmo que essa alienação se deva a pensamentos e situações imaginárias ou não... A alienação só por si já é possível se conseguirmos dar forma mental ao nosso imaginário.
A nossa imaginação noutra dimensão provoca um estado de evasão tal... no qual podemos encontrar muitas mais soluções e respostas às coisas mais banais da vida e da transcendência da vida...
Basta nos concentrarmos, deixarmo-nos ir e envolvermo-nos nesse imaginário que nos provoca uma alienação galáctica...

2 comentários:

Sonia disse...

Deves-t ter alienado c o Bailly 8-)

Luís disse...

Muita gente não consegue levitar a imaginação porque pensam que só há uma ou duas realidades.Eu nunca estou «em casa», talvez para compensar as minhas poucas milhas aéreas. :) E resulta!